Últimas Noticias

Seriedade e Competição amanhã no Campo Pequeno.

No “Mix” de Factores Chave de Sucesso característicos do espectáculo tauromáquico, a seriedade do curro a lidar e a competição entre os artistas, assumem as mais elevadas ponderações, por constituírem a relação fulcral do espectáculo, ou seja, a relação homem-toiro.
Nesta corrida, apresenta-se na primeira praça do país a ganadaria António Silva, 
vencedora do “Galardão Campo Pequeno 2012”. Para a história fica a data de 7 de Junho, em que a divisa António Silva apresentou em Lisboa um curro imponente, que mereceu a distinção do júri que atribuiu os galardões, em função do trapío e comportamento de cada um e do conjunto dos toiros lidados. O esmero na selecção dos toiros para hoje está primorosamente documentado fotograficamente e honra o brio com que esta ganadaria tem evoluído desde os finais dos anos trinta do século passado. 
Com antiguidade datada de 25 de Junho de 1944 (Campo Pequeno) a ganadaria António Silva pasta na Torre do Ferrador, procede de Pinto Barreiros, ganadaria que permanece no actual encaste dos “Silvas”, a que se juntou sangue Parladé (via Conde de la Corte e Domecq).
A um naipe de jovens e valorosos cavaleiros tauromáquicos que já conquistaram o respeito do público aficionado (Sónia Matias, António Maria Brito Paes, Duarte Pinto e Tiago Carreiras), juntam-se duas esperanças da Arte de Marialva: Marcelo Mendes, que confirma a alternativa e o praticante David Oliveira, recém-chegado ao toureio mas com um inigualável palmarés na equitação de trabalho em que acumula 
os títulos de Campeão Nacional, Campeão Europeu e Campeão Mundial. Seis jovens com raça e valor que garantem a continuidade do toureio a cavalo e que prometem, nesta oportunidade perante o público da primeira praça do país, uma noite de acesa competição.
Os grupos de forcados amadores de Santarém e de Montemor, os dois mais antigos de Portugal, têm nos respectivos historiais páginas de raro valor e raça, na difícil e tão portuguesa arte de pegar toiros. São protagonistas de uma rivalidade histórica que se traduz na arena por uma competição franca e leal, que tem encantado gerações de aficionados. Perante a imponência do curro desta noite irão, por certo reafirmar os 
créditos que souberam conquistar ao longo dos anos.Pela seriedade do curro desta noite e pela competição que cavaleiros e forcados irão protagonizar na arena, estamos certos de ter reunido neste cartel os ingredientes necessários para mais uma fabulosa noite de toiros no Campo Pequeno.
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial