O Fórum Mundial da Cultura Taurina chega à sua terceira edição.

“Os valores da tauromaquia” serão desta vez o argumento catalisador do Fórum Mundial da Cultura Taurina, que se consolida ao alcançar já a sua terceira edição, e que se celebrará entre os dias 23 e 26 do presente mês de janeiro na Ilha Terceira.

Organizado pela Tertúlia Tauromáquica Terceirense, com o apoio do Governo Regional dos Açores e de outras instituições locais, o Fórum contará desta vez com a participação de mais de cinquenta personalidades de diferentes países e de vários campos da cultura que farão “fincapé” na defesa dos valores que a tauromaquia aporta à sociedade actual. 

A ecologia e as especificidades culturais da ganaderia de bravo, a integração da Festa dos Toiros na América, o esforço, a solidariedade e a coragem dos toureiros ou os contributos sociais e educativos deste espectáculo serão os temas a tratar ao longo de três intensas jornadas de conferências e mesas redondas, nas quais também se inclui a projecção de vários filmes e documentários ilustrativos.

Um dos actos mais atractivos terá lugar no sábado dia 25, com a exibição do filme “Tú solo”, protagonizado pelos alunos da Escola Taurina de Madrid dos primórdios dos anos oitenta, ao que se seguirá um colóquio entre os matadores de toiros El Fundi, José Luis Bote (recentemente nomeados directores dessa Escola) e Cristina Sánchez, que dialogarão sobre os valores educativos do toureio entre a infância e a adolescência.

Uma mesa redonda com prestigiados forcados abordará o dia anterior o valor da solidariedade na arena, assim como no domingo encerrará as jornadas um debate acerca do livro “Diálogo con Navegante”, um profundo ensaio sobre o toureio inspirado nas palavras de José Tomás e com a rúbrica de vários autores, no qual estará presente, entre outros, o filósofo francês Francis Wolff.

Neste III Fórum Mundial da Cultura Taurina destacam-se também as conferências de Juan Medina e Fernando Gil Cabrera sobre “Os valores económicos da tauromaquia” e “Os valores culturais da criação do toiro bravo e a sua evolução genética”, respectivamente. A luta dos toureiros franceses dos anos setenta, a ecologia do toiro bravo nos Açores e um recital poético-flamenco sobre a figura de Juan Belmonte são alguns outros destaques de um programa que voltará a centrar a atenção do mundo dos toiros nos Açores em mais um inverno.

Durante estes quatro dias, e em distintos espaços, a Ilha Terceira viverá uma intensa actividade taurina, como já sucedeu nas duas primeiras edições do Fórum, organizadas em 2009 e 2012, que se dedicaram a analisar o futuro da tauromaquia a nível mundial e a difusão e a promoção da Festa nos meios de comunicação e nas redes sociais.


O período de inscrições no III Fórum Mundial da Cultura Taurina já está aberto. Para qualquer informação os interessados podem dirigir-se ao seguinte correio electrónico: forumculturataurina@gmail.com

Anexamos o programa oficial e imagens da publicidade deste Fórum, assim como de actividades da passada edição de 2012.
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial