Vandalismo de anti-taurinos em Albufeira.

“Esta manhã, a publicidade de rua dos espectáculos taurinos autorizados para a Praça de Touros de Albufeira foi vandalizada. Os criminosos destruíram e vandalizaram a publicidade colocada em toda a zona de Albufeira. Além disso, as bilheteiras da Praça de Touros foram vandalizadas e pintadas de vermelho.
Esta ação trata-se um acto criminoso que atenta contra o património privado, punido por lei, tal como se reveste de uma tentativa de ataque à liberdade cultural dos portugueses, e em concreto dos Algarvios.
Os lesados por este crime, os proprietários da Praça de Touros de Albufeira, já denunciaram os crimes às autoridades. Estes actos cobardes e de ódio têm de levar a uma actuação urgente das autoridades policiais para que se evitem males maiores, atentatórios do respeito e da tolerância que tem de existir num estado de direito democrático.
A Protoiro desde 2012 que vem alertando o Ministério da Administração Interna e autoridades competentes, para o perigo eminente que representa o fanatismo antitaurino para a integridade física e patrimonial dos cidadãos.
Em França e Espanha as autoridades já tomaram medidas para travar estes ataques e ameaças, aumentando para 500 metros a distância das manifestações junto das praças ou impedindo a sua realização em dias de corridas. 
Esperamos que, em Portugal, não tenham de existir acidentes graves, como aconteceram nestes países, para que as autoridades travem, de uma vez por todas, estas acções extremistas.
A defesa dos direitos e liberdades são prioridades absolutas num estado democrático, pelo que têm de merecer a atenção urgente dos responsáveis políticos e policiais.”
TAG