Últimas Noticias

Em Falar de Toiros: Paulo Caetano, sonhos e conquistas no toureio…



Volvidos 35 anos sobre a tarde de 15 de Junho de 1980 e a poucos dias de regressar às arenas – o que acontecerá no próximo Sábado em Portalegre – o cavaleiro Paulo Caetano aceitou o convite de Catarina Bexiga para recordar o que sonhou e o que conquistou no toureio. A entrevista vai para o ar hoje (Quarta-feira), a partir das 22 horas, no programa Falar de Toiros, com emissão on-line, disponível em www.falardetoiros.blogspot.com

Aqui fica algumas das passagens da entrevista:

“Foi uma tarde inesquecível, por todo o ambiente que se vivia. Naquele tempo, as corridas da televisão eram realmente as corridas mais importantes da temporada. O João Moreira de Almeida deu-lhes um cunho muito especial. Havia sempre um ambiente de grande entusiasmo.”

 “Nos anos 80 havia uma competição muito forte, mas muito genuína, uma competição feita pelo público. Na altura, o público elegeu vários ídolos e a competição foi transferida para a sociedade portuguesa em geral. A Tauromaquia tinha muito eco na sociedade (…) Dentro da praça era um privilégio tourear com as grandes Figuras de então, porque ainda apanhei as grandes Figuras dos anos 60, o Mestre David Ribeiro Telles, Mestre Batista, Luís Miguel da Veiga, depois o Manuel Jorge de Oliveira, João Moura… E havia alturas em que não sabia o que podia fazer depois do que eles tinham feito. E depois todos aqueles que vieram a seguir…”

 “A vida é feita de desafios. Pensei que comemorar 35 anos de alternativa, e não tourear, não dar a cara, não me assenta bem. Portanto, no próximo Sábado lá estarei em Portalegre, consciente de que já não tenho nem 20 nem 30 anos, mas sabendo do respeito que o público merece e tentando dar o melhor de mim…”

 “Havia muito mais para conquistar. Conquistei aquilo que pude. Tenho a consciência que dei muito de mim, talvez o melhor de mim, mas acho que é possível fazer sempre muito melhor e muito mais coisas.”

 “Gosto muito de pensar que vim do nada, a minha família não estava ligada ao meio, mas segui um sonho e consegui lá chegar. Talvez essa seja a mensagem mais importante. Tudo é possível, quando nós acreditamos nos nossos sonhos…”
Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial