Até 2016, Campo Pequeno….

A Corrida de Gala Antiga encerrou a temporada no Campo Pequeno, as quintas de toiros chegaram ao fim. E acabou em bem!
Quando a corrida é televisionada, que é o caso, há sempre pouco a acrescentar. Mas resumidamente:
António Ribeiro Telles abriu a noite, depois das cortesias de gala antiga, com um Passanha complicado mas que mesmo assim não se desligou da montada. Sendo que dois curtos, o segundo e terceiro, são de destaque.
Seguiu-se Rui Salvador. Calhou-lhe um exemplar reservado, mas isso fez com que ainda desse mais de si. Ferros à Salvador – ferros impossíveis. Valorosa passagem pela arena lisboeta.
Fermín Bohorquéz enfrentou o terceiro em noite de despedida das arenas portuguesas. O Passanha era nobre, mas o rejoneador não primou pela regularidade. Prestação sem grandes detalhes.
Ana Batista abriu a segunda parte da corrida. E olé Ana! Esteve como há muito não a via. O Passanha tinha boas condições de lide e a cavaleira tirou grande partido disso. Muita classe, muita arte, muita valentia e muita verdade. Uma actuação que não esqueceremos.
Marcos Bastinhas brindou a seu pai, um brinde emotivo. Uma série de curtos de qualidade e recortes aplaudidos. Uma lide de entrega e raça. Terminou com um palmito, apeando-se de seguida – uma assinatura Bastinhas.
Rouxinol Jr fechou a noite. Podia ter acusado o ‘peso’ das câmaras e do cartel com nomes sonantes da nossa tauromaquia, mas isso não aconteceu. Parece que nasceu para isto. Muita noção de tudo – terrenos, lide…
Em praça estiveram os Forcados Amadores de Lisboa e Alcochete.
Por Lisboa: Manuel Jorge Guerreiro efectivou ao primeiro intento, Pedro Gil fechou-se com decisão à segunda tentativa e Eurico Medronheira consumou com eficácia à segunda.
Por Alcochete: Nuno Santana realizou um ‘pegão’ à segunda tentativa aguentando os derrotes, António José Cardoso consumou à terceira tentativa e o cabo Vasco Pinto fechou-se com grande correcção e efectivou à segunda.
O público preencheu cerca de ¾ de casa. Dirigiu a corrida o Sr. Pedro Reinhardt.
Por este ano é tudo. Até 2016, Campo Pequeno…

Lisa Valadares Silva
TAG