A segunda corrida da Feira de Alcochete. - Carregar a Sorte

Post Top Ad

sábado, 20 de agosto de 2016

A segunda corrida da Feira de Alcochete.


A segunda corrida da feira de Alcochete contou com a presença de sete cavaleiros e sete “terroríficos” exemplares Canas Vigouroux. Para os pegar estiverem em praça os Amadores de Vila Franca de Xira, num dia especial para grupo, no dia em que assinala o aniversário do falecimento de Ricardo Silva “Pitó”, e o Aposento do Barrete Verde de Alcochete.

O curro saiu bem apresentado e a transmitir. De melhor qualidade foi o lidado em quarto lugar, premiado com volta ao ganadero.
Luís Rouxinol lidou o primeiro com a sapiência que lhe conhecemos. O toiro veio a menos com o decorrer da lide e o cavaleiro pecou por a alongar em demasia. Tirando isto, andou ligado, fez bem feito.
Seguiu-se Sónia Matias que embora seja muito acarinhada pelo público, a prestação não pautou pela regularidade e a colocação da ferragem resultou um pouco aliviada.
Gilberto Filipe primou pela regularidade. Equitador exemplar, andou a gosto, ligado. Cumpriu com “distinção” a passagem por Alcochete.
Francisco Palha foi o triunfador da noite. Teve por diante um bravo exemplar e tirou proveito dessas qualidades. Uma lide muito correcta, com a ferragem a ser colocada como mandam as regras, a aguentar a investida do toiro. Da brega, ao cite, ao cravar e ao remate, tudo foi bem feito. Francisco Palha foi premiado com duas voltas!
Jacobo Botero realizou uma lide de menos a mais. O Canas que lhe coube em sorte adiantava-se muito e foi muito incómodo. O toureiro deu a volta e acabou em bom plano.
João Salgueiro da Costa teve uma passagem discreta por Alcochete. Embora com vontade de triunfar, o toiro que teve por diante era reservado.
Luís Rouxinol Jr. é sem dúvida um caso, mas disso já sabíamos. O jovem cavaleiro faz questão de provar, a cada corrida, o porquê de aqui andar. Tem muita raça e vontade. Realizou uma boa lide.
Quanto a pegas, pelo Grupo de Vila Franca de Xira, foi à cara o cabo Ricardo Castelo que efectivou com valentia à segunda tentativa, Francisco Faria fechou-se com decisão à segunda tentativa, Vasco Pereira consumou exemplarmente ao primeiro intento e Rui Godinho ainda bateu com violência nas tábuas, mas concretizou ao primeiro intento.
Pelo Barrete Verde de Alcochete, o cabo Marcelo Loia esteve exemplar a reunir e consumou à primeira, Diogo Amaro concretizou sem dificuldades à primeira e Rui Gomes efectivou sem problemas à primeira.


Lisa Valadares Silva