Francisco Romão Tenório: “Esperança e confiança” são os seus sentimentos para 8 de Setembro, no Campo Pequeno - Carregar a Sorte

Post Top Ad

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Francisco Romão Tenório: “Esperança e confiança” são os seus sentimentos para 8 de Setembro, no Campo Pequeno

Esperança e confiança são os sentimentos que o ganadero Francisco Romão Tenório demonstra face à corrida de 8 de Setembro, no Campo Pequeno, para a qual enviará um curro de toiros da sua divisa.
Esperança, na qualidade dos toiros que apartou para essa noite. “Que sejam tão bons como os das corridas já lidadas testa temporada”. Confiança, “pela experiencia que os artistas que os vão lidar têm, não só do encaste Murube-Urquijo, como experiência na lide de toiros da minha ganadaria”, acrescenta. 
Embora alertando para o risco que constitui fazer antevisões sobre o comportamento do toiro em praça, sublinha o facto de a sua ganadaria ser uma das preferidas pelas grandes figuras do toureio a cavalo da actualidade. “É muito gratificante para mim, enquanto ganadero, saber que as grandes figuras da actualidade gostam de tourear os meus toiros, pelos grandes êxitos que lhes têm proporcionado”.
Falando especificamente dos toiros para 8 de Setembro, Francisco Romão Tenório diz que “estão bem no tipo do respectivo encaste (negros de pelagem, ligeiramente bragados, menos cabanos do que por vezes sucede com os ‘Murube-Urquijo’) com caras muito harmoniosas e pesos que, por certo, lhes permitirão boa mobilidade”.
Faz ainda votos para que saiam “bravos e nobres”.
O ganadero acredita que os seus toiros poderão, mais uma vez, proporcionar momentos muito agradáveis, tanto para aos cavaleiros como para o público e manifesta o seu orgulho em vê-los lidar por figuras da máxima dimensão como João Moura, Pablo Hermoso de Mendoza e João Moura Junior.
Francsico Romão Tenório deseja igualmente “uma noite de grande êxito para os grupos de forcados amadores de Tomar, Portalegre e Aposento da Chamusca”, endereçando ainda os seus parabéns ao grupo de Tomar pela comemoração dos seus 60 anos de actividade.
A ganadaria de Francisco Romão Tenório procede da de António Barbeiro e foi adquirida pelo seu actual proprietário, no ano de 2000. O seu efectivo inicial, formado por reses de Camarate e Gama, foi sendo progressivamente eliminado e substituído por vacas e sementais de Los Espartales, provenientes de Murube-Urquijo, constituindo assim o seu encaste actual.
Com um efectivo de cerca de 100 vacas de ventre, a ganadaria pasta na Herdade da Tavares, no concelho de Arronches, tendo a sua antiguidade sido estabelecida com data de 13 de Setembro de 2001, na Moita do Ribatejo.