Gustavo Charrua: Orgulhoso e satisfeito por a sua ganadaria estar incluída na Temporada dos 125 anos do Campo Pequeno.

O ganadero Gustavo Charrua sente com particular “orgulho e satisfação” o facto de a ganadaria António Charrua “fazer parte de um acontecimento tão importante como a temporada de comemoração dos 125 anos da Praça de Toiros do Campo Pequeno”.
“É um acontecimento tão importante que ficará para a história da vida de um ganadero, ainda por cima num cartel que, penso, será de lotação esgotada”, refere Gustavo Charrua.
Os “Charruas” serão lidados na próxima quinta-feira, no Campo Pequeno, numa corrida em que passam onze anos sobre a reinauguração do Campo Pequeno e se celebram também os 125 anos do Real Club Tauromáquico Portuguez.
No cartel figuram os nomes do rejoneador espanhol Pablo Hermoso de Mendoza e dos cavaleiros portugueses João Moura Júnior e Miguel Moura, bem como os forcados amadores de Lisboa e de Évora, capitaneados respectivamente, por Pedro Maria Gomes e António Alfacinha.
Para Gustavo Charrua, “representa uma grande responsabilidade e ao mesmo tempo uma grande honra fazer parte deste cartel, no qual figura uma das mais importantes figuras mundiais, como é Pablo Hermoso, dividindo cartel com João Moura Júnior uma das figuras portuguesas mais importantes da actualidade e Miguel Moura, uma grande promessa da nova geração de cavaleiros tauromáquicos”.
Questionado sobre as características predominantes no toiro da sua ganadaria, Gustavo Charrua considera como principais “a nobreza, o bom tranco de galope e, embora no geral seja um animal corpulento, é cómodo de cara e humilha no capote”.
Esta ganadaria foi formada com vacas e sementais de João Coelho Capaz, procedentes do Visconde das Fontaínhas (Soler e António Silva), tendo sido posteriormente introduzido um semental de origem Conde de la Corte e o efectivo aumentado com vacas de José Pedrosa e Santo Estêvão.
Na actualidade, o encaste é Soler e Pinto Barreiros (puro Parladé).
A ganadaria, cujo efectivo é constituído por 65 vacas adultas e três sementais, pasta em São Marcos da Abóbada, freguesia da Torre de Coelheiros, no concelho de Évora.
Na presente temporada, a ganadaria dispõe de quatro corridas de toiros para lidar.
Share on Google Plus

Carregar a sorte

Site de Informação Taurina.