Últimas Noticias

Pouco para contar mas muito para mudar.

Pouco para contar mas muito para mudar
Uma nota inicial, a Palha Blanco registou cerca de meia entrada, ou um pouco mais, mas só isto deve preocupar. É uma data tradicional!
Segue-se os toiros, o mais importante. Estavam anunciados seis exemplares de Santa Maria, e acabaram por sair três Santa Maria e três Passanha. Foi o sexto toiro o melhor da noite (Passanha) e o que terceiro foi uma vergonha (Santa Maria), pouco digno de sair numa praça de primeira.
Quanto ao conteúdo artístico, António Ribeiro Telles esteve em bom nível no primeiro que lidou mas muito melhor no segundo, no seu estilo clássico, cravando com qualidade e verdade.
Manuel Telles Bastos cravou o primeiro comprido, e bem, em sorte gaiola, mas a lide veio decrescendo, não lhe sendo atribuída volta. No segundo, toureou com muito valor, deixou uma série de bons curtos.
João Telles Jr abreviou a sua primeira prestação deixando dois compridos e dois curtos. Tal deve-se ao facto do exemplar de Santa Maria ter sido muito assobiado, tal como o director de corrida. Note-se que todos estes “pitos” têm razão de ser. Muito melhor foi a lide do último, talvez a mais aplaudida da noite. Esteve como lhe conhecemos, com verdade e com muita qualidade.
A terça-feira nocturna também é noite de forcados. O cabo Ricardo Castelo saltou para a cara do primeiro e fechou-se à segunda tentativa. Márcio Francisco efectivou e bem à primeira tentativa. Tiago Oliveira “Salsa” em noite de despedida consumou à primeira. Forcado exemplar e cuja despedida e merecidos aplausos foram um pouco esquecidos no meio da confusão que se viveu com o terceiro da noite. O jovem Francisco Faria efectivou com valentia à primeira. Seguiu-se Vasco Pereira que se fechou muito bem ao primeiro intento. Fechou a noite Rui Godinho com uma pega rija à primeira tentativa.
A noite passou-se mas com pouco para contar, infelizmente. Mas para mudar, isso parece que há muita coisa. Vila Franca sempre foi exigente e não é agora que deixará de o ser. Toiros como alguns que saíram não são dignos de nenhuma praça e muito menos de uma praça de primeira. Vila Franca não é melhor nem pior, é diferente. E quem arregaça as mangas e gere a Palha Blanco deve estar ciente dessa diferença.

Sem comentários:

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial