O Club Cocherito de Bilbao geminou-se com a Tertúlia Tauromáquica Terceirense.

O Club Cocherito de Bilbao, uma das associações taurinas mais antigas e prestigiadas do mundo, celebrou uma sentida cerimónia de geminação com a Tertúlia Tauromáquica Terceirense, dos Açores, coincidindo com a celebração das famosas "Corridas Generales" na capital vasca.

Uma delegação da Direção da Tertúlia açoreana deslocou-se até Bilbau para partilhar com os “cocheristas” uma irmandade que se fomentou durante a passada visita à Feira das Sanjoaninas da Ilha Terceira de mais de uma centena de membros do clube vasco.

O acto central e mais solene desta geminação celebrou-se ontem, durante as importantes jornadas culturais que cada manhã organiza o Club Cocherito nos salões do Hotel Carlton, de Bilbau. E foi assim que Antonio Fernández Casado, como presidente do Clube Taurino, junto a Leopoldo Sánchez Gil e Asier Guezuraga tiveram carinhosas e elogiosas palavras para os quase mil sócios da Tertúlia TauromáquicaTerceirense e o ambiente taurino dos Açores, “pela sua beleza, a sua hospitalidade e o seu admirável culto ao toiro”.

Guezuraga insistiu em que esta geminação era uma homenagem “à férrea defesa da tauromaquia por parte da afición terceirense”, e em concreto à sua Tertúlia Tauromáquica, a quem recordou que em Bilbau têm “1.200 amigos”, em referência ao número de filiados do Clube Taurino, “que –acrescentou - não teriam conhecido a esta extraordinária gente dos Açores se não fosse pelos toiros, que tanto une a gentes dos mais diferentes lugares do mundo. 

Por parte da Tertúlia Terceirense, participaram no acto de geminação  três dos membros da sua Direção: José Parreira, Pedro Correia e Arlindo Teles, que tomou a palavra para assinalar que a geminação com o Club Cocherito significa “o auge de uma larga trajetória de amor e afición à Festa dos Toiros” `por parte da entidade” que tem a honra  de presidir. 

Arlindo Teles agradeceu a Fernández Casado este acto de homenagem “que –assegurou- "orgulha-nos enormemente, pois o Club Cocherito de Bilbao é a máxima referencia para todos os clubes e associações taurinas de todo o mundo”.

Após as intervenções, os presidentes de ambas associações trocaram ofertas e recordações do acto, entre eles um quadro com a imagem do "diestro" Cocherito de Bilbao acompanhado de umas belas palavras de reconhecimento a seus “irmãos” da Ilha Terceira, que o colocarão num lugar de honra na sua sede.

Mensagem mais recente Mensagem antiga Página inicial