Filipe Gonçalves no Campo Pequeno a 11 de Julho.


O cavaleiro Filipe Gonçalves, o “Furacão Algarvio”, actua a 11 de Julho, no Campo Pequeno, na corrida de homenagem à Região Autónoma dos Açores, da qual faz também parte o tradicional Concurso de Pegas de Lisboa.
Filipe Gonçalves é um cavaleiro estimado pelos aficionados Açorianos, onde o culto do toiro e do cavalo de há muito assentou arraiais. Ainda nas recentes “Sanjoaninas” (Ilha Terceira), o cavaleiro teve oportunidade de retribuir a estima que lhe é dedicada, com actuações de grande categoria.
Procurando sempre extrair tudo dos toiros que lhe cabem em sorte, Filipe Gonçalves é exímio nos pares de bandarilhas a duas mãos, uma das suas imagens de marca, sendo também um equitador completo. Nesta sua presença no Campo Pequeno vem animado do propósito de mostrar aos aficionados de Lisboa e aos muitos açorianos que irão também comparecer no Campo Pequeno o bom momento de forma que atravessa.
Esta corrida tem várias presenças açorianas no cartel: O cavaleiro Tiago Pamplona e os grupos de forcados Amadores da Tertúlia Tauromáquica Terceirense e Amadores do Ramo Grande, que virão disputar, com o Amadores de Beja, o prémio para a melhor pega de caras.
O cartel completo é o seguinte: cavaleiros Ana Batista, Filipe Gonçalves, Tiago Pamplona, Manuel Ribeiro Telles Bastos, Miguel Moura e João Salgueiro da Costa, Forcados a Tertúlia Tauromáquica Terceirense, Ramo Grande e Beja e seis toiros da ganadaria Jorge de Carvalho que celebra cinquenta anos de actividade.
A anteceder a corrida, que será abrilhantada pela Banda da Sociedade Filarmónico Rainha Santa Isabel, sob a Direcção do Maestro Durval Festa, exibir-se-á a Marcha dos Veteranos da Ilha Terceira.

carregar a sorte